CONFIRA AS PROMOÇÕES IMPERDÍVEIS DA BLACK FRIDAY!
ACESSAR PROMOÇÕES
Pilates
|
20/11/2020

Pilates e o nervo ciático

Você sabia que o Pilates pode trazer benefícios para o corpo? Com mais benefícios ainda

pilates-e-o-nervo-ciatico

Pilates e o nervo ciático

Pilates e Nervo Ciático

O Nervo Ciático passa debaixo do piriforme, mas em algumas pessoas ele passa através dele, aumentando a probabilidade para ocorrer à síndrome. Se esse músculo sofrer uma tensão, espasmo, encurtamento ou hipertrofia, o nervo ciático poderá ser comprometido.

Entretanto, deve-se ficar alerta para o fato de que o desequilíbrio pélvico pode ser responsável por um desequilíbrio entre os rotadores internos e externos.

O piriforme é um pequeno e profundo músculo em forma de pera que se origina na superfície pélvica do sacro (porção final da coluna) e conecta-se no trocanter maior do fêmur (osso da coxa).

Sua principal função é promover a rotação externa da coxa ou mover a mesma lateralmente, função estas, realizadas com o auxílio de outros cinco músculos localizados na parte profunda do quadril, sob os glúteos. São os músculos rotadores.

O Nervo Ciático é o maior nervo do corpo, emerge da pelve em direção à região posterior da coxa e passa por entre esses músculos rotadores. A síndrome do piriforme causa dor profunda na superfície posterior do quadril e nádega, dormência e formigamento em direção às pernas e lombalgia.

O paciente pode apresentar aumento da dor ao caminhar, correr, aos movimentos de rotação lateral do quadril, durante os movimentos de sentar e levantar, ao ficar em pé.

Corrida em terrenos duros ou irregulares, subir escadas, atividades que exijam muito agachamento e uso de calçados inapropriados para o tipo de pisada ou gastos demais também podem auxiliar no desenvolvimento da dor.

O excesso de exercícios que enfocam os glúteos conduz a um aumento rápido e exagerado dos glúteos podendo causar compressão do nervo ciático e inflamação (neurite).

Ficar sentado por longos períodos, principalmente com a coxa em rotação externa diminui o fluxo sanguíneo para a região do músculo e altera a fisiologia do piriforme (e dos músculos próximos a ele também) provocando o encurtamento.

A falta de alongamento irá contribuir para que a musculatura envolvida tencione ainda mais e piore os sintomas.

O tratamento pode abranger medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares sob prescrição médica, injeção local de anestésicos e corticosteroides, repouso, cirurgias nos casos mais graves e sem melhora com tratamento clínico por período prolongado.

O Pilates pode agir tanto na prevenção como no tratamento desta síndrome. A prevenção pode ser feita através de um programa de exercícios individualizados que envolvem, sobretudo, alongamentos dos músculos glúteos, rotadores internos e externos do quadril; mobilização de quadril e membros inferiores.

Já a ação do Pilates no auxílio do tratamento desta síndrome, trata-se de uma reabilitação com o objetivo de permitir o retorno ao esporte e as atividades da vida diária de forma segura e efetiva.

São focados os movimentos, força e flexibilidade dos membros inferiores, exercícios de transferências e que simulam o caminhar, o trote, a corrida, mudanças de direções e saltos; sempre adaptados à individualidade do indivíduo, objetivo, e no caso de atletas e esportistas, à especificidade da modalidade.

O Pilates para dor no nervo ciático ajuda que vale a pena investir! Antes de explicarmos mais sobre o Pilates para dor no Nervo Ciático, temos que entender melhor como as dores começam e quais são os principais sintomas. Sabe-se que no Brasil, quase 50% da população já apresentou queixas nesse sentido, que costumam ser:

Dores na região lombar em um dos lados do corpo, geralmente no direito.

Dificuldade para realizar exercícios básicos, como caminhar.

As dores costumam aparecer por má postura, musculatura enfraquecida e sedentarismo.

Vamos entender agora como o Pilates pode ajudar.

Em primeiro lugar como motivo para você praticar Pilates para dor no Nervo Ciático, é entender que o exercício é excelente para corrigir problemas de postura sendo esse um dos maiores motivos para que as dores comecem, há boas chances de melhoras quando corrigimos o problema na raiz.

Além disso, a postura correta pode diminuir outras dores secundárias, como a lombar específica da coluna e dores na perna, por exemplo. Tudo isso junto traz uma melhora geral do quadro e pode dar mais qualidade de vida ao paciente praticando o exercício de Pilates

O Pilates fortalece os músculos, a recomendação comum dos médicos para quem tem dores no Nervo Ciático é a prática de exercícios físicos que deixem os músculos mais fortes e rígidos. Como o Pilates trabalha uma série de grupos musculares de uma única vez, sua ação é melhor do que as idas à academia, já que seus resultados costumam ser mais imediatos.

O Pilates é também um exercício de alongamento e respiração, é importante lembrar que o Pilates, além de um exercício de força, também é um ótimo alongamento e trabalha bem a respiração. Como os alongamentos são altamente recomendados para dores em geral, ele pode entrar como uma alternativa saudável e bastante prazerosa, já que também trabalha a respiração fundamental para que o treino traga bem-estar mental.

Isso sem falar no fato de que o Pilates é uma atividade guiada por instrutores capacitados e formados na área o que evita possíveis movimentos errados, que poderiam causar ainda mais dores e problemas para quem já sofre com o Nervo Ciático há muitos anos. É uma forma segura e livre de riscos para melhorar a vida e conviver menos com as dores.

A dor no Nervo Ciático atinge cerca de 6% da população, sendo mais comum entre as mulheres do que entre os homens. Geralmente é uma dor persistente, mas com intensidade variada, que pode ser acompanhada de dormência, formigamentos, sensação de agulhadas e fraqueza muscular.

Além disso, a dores no nervo ciático podem ser resultado de:

Hérnias de disco

Traumas na região lombar ou dos glúteos

Estenose espinhal

Inflamações crônicas

Fraturas ou lesões pélvicas

A dor no Nervo Ciático pode ter origens diferenciadas. Inflamação do nervo, pressão da coluna ou do disco sobre o nervo, algum dano no nervo, e até mesmo tensão muscular que limita o deslizamento da bainha que envolve o nervo. O Pilates tem uma ação sobre a saúde do nervo, que no meu ponto de vista, é imediata! Uma vez que o praticante já nas primeiras sessões de Pilates relata melhora significativa e até mesmo eliminação da dor, dependendo do caso. Como o repertório de exercícios propostos em uma sessão de Pilates envolve alongamento e exercícios de força, o efeito sobre o corpo é de reorganização muscular e postural.

Em geral, os sintomas podem variar, entretanto, em qualquer caso tende a piorar durante a noite e, comumente, a dor ciática pode estar associada à dor lombar. Os sintomas acometem indistintamente homens e mulheres, podendo aumentar com o envelhecimento, pois conforme a idade avança, as estruturas da coluna vertebral podem sofrer desgastes que acabam comprometendo a medula espinhal bem como as raízes que dão origem aos nervos.

Se você sente dor ciática precisa realizar exercícios do corpo inteiro, porém estes exercícios devem apresentar modificações para que você possa executar o movimento com sucesso e dessa forma, tendo alivio da dor. No Pilates, o terapeuta irá modificar o exercício e fazer as correções para proporcionar uma experiência bem sucedida de movimento sem dor. É importante também que o paciente entenda que é sua responsabilidade avisar quando sentir um incômodo e assim o terapeuta alterar o exercício para que ele tenha uma experiência de movimento bem sucedido. Essa fórmula tem sido o melhor para lidar com aqueles que sofrem de dor nas costas ou para dor ciática, qualquer tipo de patologia ou lesão.

O método Pilates apresenta uma variedade de exercícios para aumentar a consciência do centro, aumentar os movimentos do quadril minimizando o recrutamento de algumas musculaturas do corpo o que auxilia no tratamento da dor ciática,

Recomendações preventivas

Evite realizar movimentos bruscos com a coluna vertebral, pois eles podem favorecer o pinçamento de nervos;

Sempre flexione os joelhos quando for erguer um peso do chão.

Dê preferência aos sapatos com saltos mais baixos.

Procure manter uma boa postura. O hábito de utilizar posturas corretas deve ser desenvolvido, especialmente, quando houver necessidade de permanecer sentado ou em pé durante muito tempo, pratique exercícios físicos que ajudem a fortalecer a musculatura de todo o corpo.

O Pilates é uma excelente opção, que promove uma melhora no condicionamento físico e mental com um repertório diversificado de exercícios globais. Através da técnica, que trabalha fluidez, concentração, controle, centro de força, respiração e postura, o praticante consegue aumentar a sua consciência corporal, flexibilidade, equilíbrio e força muscular.

O mais importante detalhe acerca da reabilitação pelo Método do Pilates é a certificação de estar realizando os exercícios com adequado acompanhamento. Ou seja, os instrutores obrigatoriamente têm que se preocupar com as queixas e com a prescrição dos exercícios.

Na verdade, não há contraindicação absoluta de exercícios no método Pilates, e sim um cuidado redobrado com a aplicação de seus princípios, fluidez, concentração, controle, respiração, precisão e centralização em conjunto com a escolha dos movimentos que alonguem a musculatura já citada como vilã do nervo ciático e fortaleçam a musculatura.

Omega4 Estúdio do Corpo, localizada entre os bairros Paraíso e Jardins, possui profissionais extremamente qualificados e que buscam a metodologia de ensino adequado para cada indivíduo que procura treinar conosco. Os nossos profissionais estudam a história e os melhores métodos para prática de Pilates no Brasil, agregados a uma ótima infraestrutura e localização do espaço que o Estúdio possui. Teremos prazer em atendê-lo e marcar uma aula experimental para você conhecer nosso espaço e se deliciar nos prazeres da atividade física! Venha para a Omega4!

SOBRE O PILATES OMEGA4

A Omega4 oferece um serviço de Pilates impecável, com unidades nas melhores localidades de São Paulo. Qualquer unidade da Omega4 oferece uma infraestrutura preparada para te oferecer o melhor Pilates de São Paulo!

Saiba mais!
CONTEÚDOS RELACIONADOS
No items found.
Saiba mais sobre

Pilates e o nervo ciático

E receba mais conteúdos relacionados a Pilates!
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.