Pilates para Equilíbrio

Pilates para Equilíbrio

A falta de equilíbrio pode ser provocada por adversidades. Alguns deles são a fraqueza dos músculos, postura incorreta e mal alinhada e até alguma deficiência mesmo. A ausência do equilíbrio afeta demasiadamente o bem estar e a qualidade de vida de qualquer pessoa, pois ela irá comprometer os movimentos corporais e o seu deslocamento.

A ausência do equilíbrio acomete muitos grupos especiais, como gestantes, idosos, pessoas com problemas neurológicos e etc. Esses indivíduos precisam de uma certa atenção nesse caso. Por isso, não se pode deixar de lembrar, que é necessário trabalhar a melhora do equilíbrio nesses quadros. O Pilates com suas técnicas totalmente sem contraindicações, e com seus demasiados benefícios, é a melhor opção para esse tratamento.

Por meio do Método Pilates e seus exercícios para o fortalecimento, equilíbrio, flexibilidade, resistência e concentração, sem apelar para o esforço que causa dores em excesso e desgaste. O indivíduo irá restabelecer um equilíbrio fundamental corporal e reforçado, ajuda a esculpir o corpo, melhora postural, combate as dores e relaxa, assim melhorando a vida, atividades de qual quer praticar e rotina de diversas maneiras.

Os exercícios no Pilates tem como objetivo alcançar um corpo muito mais fortalecido, firme, seguro, e sustentável. Isso, porque eles trabalham todos os músculos corporais, tanto os mais profundos como os mais externos. Para assim, todas as partes do corpo estejam igualmente ativas, assim todo ele recebe benefícios e o corpo fica num equilíbrio exato e perfeito entre seus membros, a cabeça, o tronco e o organismo.

Dessa forma, o corpo vai estar menos vulnerável a quedas ou lesões, muito importante essencialmente para idosos. Assim, ganhando maior autocontrole em quaisquer atividades do dia a dia, sentindo-se mais seguro ao movimentar-se diariamente e fazer os movimentos que deseja, como caminhar, dançar, correr e se divertir. Com esse ganho de firmeza, fortalecimento e equilíbrio não só irá deixar seu cotidiano melhor e mais seguro, como te dará uma oportunidade de aproveitar a vida com maior intensidade e sem receios.

A ausência do equilíbrio

A ausência do equilíbrio na vida do indivíduo limita significativamente a qualidade de vida em diversos fatores. Geram mudanças na base de suporte corporal, causando diretamente a instabilidade. E fatores tanto intrínsecos como extrínsecos influenciam. Intrínsecos: o sistema motor, sensorial e cognitivo que vão estar diretamente trabalhando com o desenvolvimento postural. Também os extrínsecos: a força de base e suporte corporal, responsáveis pela resposta da estabilidade.

O controle postural também é fundamental para a manutenção do equilíbrio, dando a ele a capacidade de reação ao desequilíbrio. O sistema motor controla e responde as questões impostas do equilíbrio, devido aos estímulos sensoriais. Além da importância claro, para o equilíbrio, do cerebelo e gânglios, que irão sequencias as atividades motoras, fazendo os ajustes nos movimentos, controlando os músculos agonistas e antagonistas. Todavia, quem de fato controla os movimentos é o córtex motor, ele é capaz de começar sozinho respostas motoras e depois, precisa agir em junção com outros sistemas de controle, fornecendo a resposta.

A atenção é um processo cognitivo, que vai assim definir as respostas que teremos, o que quer dizer, o que iremos ou não responder, o que é ou não necessário ou é desprezível na situação. A atenção é importante como reação antecipada contra a instabilidade.

Veja mais: Pilates no combate ao Alzheimer

A importância do equilíbrio

O equilíbrio em generalização é a base e o suporte corporal, tanto sentado com em pé. Precisa-se diversas vezes manter o centro de gravidade dentro dessa base de suporte, o que é uma tarefa bem complexa para o corpo.

Um bom controle de uma boa postura vai gerar um bom alinhamento e dessa forma, um trabalho dos músculos muito mais eficaz. O Método Pilates com suas técnicas e exercícios provoca a melhora do alinhamento corporal, e assim, desse controle postural.

O domínio do tronco, significa conseguir movimentar em todos os planos de direções sem dificuldades e de forma funcional em todos eles. Como também é conseguir ir até o limite da estabilidade e voltar para o meio, seguindo a simetria e voltando. Os músculos estabilizadores são constantemente e igualmente trabalhados no Método Pilates para ajudarem nessa função prioritariamente. Assim, obtendo estabilidade e evitando lesões.

Pilates agindo em benefício do equilíbrio do corpo e da mente

O domínio do equilíbrio está também diretamente envolvido com as experiências vivenciadas, que ao se depararem com um estimulo, conseguem promover ajustes antecipados, assim impedindo lesões e quedas, deixando o corpo estável em suas posições.

A estabilidade é a habilidade de manter o centro de massa dentro do limite de estabilidade sem alterar a base de suporte corporal. Com ela, obtém-se o equilíbrio. O equilíbrio é treinável, ou seja dá para adquiri-lo e melhora-lo, com o Método Pilates e suas técnicas ele auxilia nesse procedimento.

Trabalhos e exercícios que auxiliem no equilíbrio estão relacionados com a base de suporte do corpo, como o tronco, cabeça, controle postural, os olhos, a atenção e acessórios (base de suporte externa).

Veja mais: Pilates para idosos.

Os princípios essenciais do Método Pilates estão encaixados em todas as aulas, cada movimento feito, em cada comando do instrutor e em todas as situações é procurado e trabalhado, de algum jeito, o despertar da consciência de interiorização no indivíduo, para assim alcançar e praticar a arte da Contrologia (nome dado pelo criador do método, Joseph Pilates). Esse domínio da mente gera um controle completo do corpo, criando uma mente sã que vai habitar um corpo são.

Entre os princípios básicos do Pilates, existem seis que têm demasiada importância para a obtenção da Contrologia, e são trabalhados em cada técnica e exercícios, pois garantem o bom desempenho da prática.

A Concentração: é trabalhada constantemente, para assim integrar o corpo na procura do seu melhor funcionamento e desempenho. Estar concentrado é estar presente em cada execução de movimento, centralizando a força proporcionalmente e promovendo a estabilidade do corpo.

A Centralização: a centralização da força irá organizar o corpo para cada movimento, dando estabilidade, equilíbrio, flexibilidade e postura.

A Respiração: irá auxiliar e estimular a ativação dos músculos do centro de força do corpo, deixa o organismo cheio de oxigênio puro e fresco, assim trabalhando de melhor forma em suas atividades, além do mais ajuda no alivio de tensões. A respiração correta e completa, leva o sangue rico em oxigênio corretamente para cada região do corpo, revigorando e rejuvenescendo a mente e o corpo, para trabalharem em sua excelência.

A Precisão: procurando sempre a correta execução de cada exercício e movimento, realizando-os com a total qualidade.

O Controle: é o controle do corpo e o comando de todos os movimentos relacionados, com o intuito de utilizar apenas os músculos necessários e o esforço suficiente em cada repetição, sem gerar desgastes.

A Fluidez: auxilia o melhor condicionamento físico e a mudança entre cada movimento. A fluidez natural, faz toda a diferença na qualidade dos movimentos, gerando uma execução precisa e leve.

Esses princípios do Método Pilates serão trabalhados em todas as aulas para cada vez obter mais seus benefícios, percebendo a evolução de transformações em todo o corpo. Agende sua aula experimental aqui na Omega4 com nossos profissionais e nosso ambiente preparado para te oferecer o melhor do Pilates, e surpreenda-se com os benefícios e resultados.

A história do Método Pilates:

Joseph Pilates, criador do Método Pilates, teve experiências terríveis na infância, tendo doenças como asma, raquitismo e febre reumática. Por isso, ele sempre foi uma criança que se exercitava, afim de melhoras as condições do próprio corpo e não se sentir preso a ele. Joseph sempre foi visto treinando de calção, pelo fato de possuir raquitismo e consequente deficiência em vitamina D, o que o deixou conhecido por esse estilo de roupa.

Em seguida, Joseph Pilates começou a estudar de forma profunda as ciências biológicas do corpo humano, como a anatomia, a fisiologia, a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), física e biologia. Ele procurava ciências que mostravam tudo sobre o funcionamento do corpo humano de forma conjunta.  Em 1912, o jovem Pilates se mudou para a Inglaterra, virou lutador de boxe em Londres e ensinou defesa pessoal para a polícia metropolitana de lá.  Preso por ser alemão na Primeira Guerra Mundial, o jovem Pilates ensinou aos prisioneiros, inclusive os doentes, técnicas do próprio método para se exercitarem enquanto estavam isolados do resto do mundo. Após ser libertado, lançou as técnicas que eram chamadas de Contrologia, referentes ao controle da mente sobre o corpo, nome que depois foi adaptado para Pilates. Em 1967, aos 83 anos, Joseph Pilates morreu por complicações em um incêndio dentro de seu estúdio, mas sua esposa continuou disseminando o método ao resto do mundo.

Solicitar mais informações
omega4omega4omega4
Endereço Omega4 Estúdio do Corpo
Unidade Paraíso: Rua Osório Duque Estrada, 35 -  São Paulo
11 2386-9717 | WhatsApp 11 94048-3704
Unidade Moema: Avenida Divino Salvador, 669 - São Paulo
11 98827-7152
contato@omega4.com.br