Pilates para Déficit de Atenção

Pilates para Déficit de Atenção

Um dos pilares do Método Pilates é a estimulação e geração da concentração, precisão nos movimentos, respiração e o foco, pois tudo a ser exercitado no método é realizado com exatidão. Por esse motivo, o Pilates é uma excelente atividade para tratamento para o déficit de atenção (Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade – TDAH) e obtenção de foco, trabalhando sempre os hábitos, concentração, atenção e assim, fortalecendo as capacidades cognitivas que assim serão obtidas nas aulas e podem ser levadas para fora delas, são mudanças para a rotina.

O Pilates gera um fortalecimento para mente e para o corpo, seus exercícios são de grande intensidade porém sem gerar impactos, e trabalha todos os músculos corporais, desde os mais interiorizados até os músculos mais externos. Assim sendo, são exercícios de precisão que vão demandar atenção e cuidado e geram uma certa calma, pois devem ser sempre realizados da forma exata, caso o contrário, não irá causar efeitos os efeitos benéficos e positivos esperados. Desse modo, a grande vantagem do Pilates para o déficit de atenção é que além do fortalecimento muscular corporal, manutenção da saúde ele auxilia na concentração própria, determinação e no foco do aluno quando vai demandar sua dedicação, atenção plena soa praticantes.

Além do mais, com esse fortalecimento, atenção e foco, o Método Pilates diminui os níveis de estresse e ansiedade do aluno, trabalhando sempre seu bem estar, melhora a qualidade do sono, alivia as dores, melhora a circulação sanguínea, renova a autoconfiança e deixa o corpo mais magro, saudável e bonito. Portanto, o aluno não só ganha uma maior concentração para sua vida, também vai gerar qualidade de vida melhor, para aproveitar a vida de forma saudável e absoluta.

O convívio com o TDAH e o auxílio do Pilates

Quem convive com o Transtorno de Déficit de Atenção apresenta dificuldades para conseguir se concentrar, comporta-se com impulsividade e tem complicações para terminar suas atividades. Assim sendo, essa particularidade estimula sensações e sentimentos negativas para a vida do indivíduo, gerando ansiedade, euforia, depressão e alto estresse, infelizmente, pela razão do indivíduo ter a sensação de incapacidade de realizar suas conquistas, das mais básicas as mais complexas, afetando o seu dia a dia.

Por isso, para lutar com essa característica, o Método Pilates é uma técnica de extrema eficácia, vai promover diversos benefícios para saúde, corpo e mente. Vai reunir movimentos com a mais alta precisão, demandando cautela e foco, gerando até leveza. Esses exercícios são sempre diversificados, evitando sempre repetições, desse modo, impossibilita a perca do foco pelo aluno ou a geração de sua ansiedade.

O Método Pilates tem a ação de ajudar na concentração e no controle corporal, pois ele realiza cada exercício por vez, sempre analisado por um instrutor que vai sempre analisar os movimentos e o desenvolvimento do aluno durante toda a sessão, assim auxilia na concentração do aluno na situação e no movimento a ser executado com precisão.

Assim sendo, a técnica do Pilates gera a diminuição da ansiedade, estresse, realizando no aluno uma noção de suas sensações, um controle, uma percepção das necessidades do corpo e seus hábitos, como os mais saudáveis que deve-se manter. Desse modo, vai repercutir nas atividades do dia a dia, obtendo uma habilidade de desenvolver uma tarefa por vez e conclui-las, como a conclusão de suas ideias e projetos, gerando assim uma qualidade de vida para realizar o que deseja e gosta com satisfação.

Tratamento com Pilates para TDAH

O tratamento do Déficit de Atenção abrange uma forma de terapia comportamental, em alguns casos ministra-se medicamentos e especialistas indicam a pratica de atividades físicas.

A psiquiatra Dra Tatyane Coló relata que: “o exercício físico gera melhora na capacidade de concentração e vai diminuir a ansiedade”.

Expõe-se que 30 minutos de atividade, de intensidade moderada até alta, é o tempo necessário para que uma criança tenha os benefícios de qual precisa sobre a prática. Pode ser recomendado ainda, para potencializar os efeitos, que a criança exercite-se antes da aula, pois assim vai acumulando os benefícios e efeitos agudos da atividade no dia, e dessa forma, durante a aula estará mais concentrada e com maior atenção.

É preciso que o instrutor sempre esteja muito bem informado sobre o TDAH para o tratamento do aluno, assim ele saberá indicar todos os exercícios ideais para seus benefícios no tratamento, pois sempre será preciso uma mudança nos movimentos, para que o aluno não se canse, desgaste ou perca o foco. Todos os instrutores da Omega4 estão devidamente especializados e preparados para lhe atender da melhor forma, e nos seus tratamentos. Agende uma aula experimental e descubra os benefícios do Pilates para o TDAH.

Outros benefícios conjuntos do Pilates para pessoas em tratamento são:

Melhora da autoconfiança, fortalecimento muscular, correção postural, melhora da coordenação motora do equilíbrio e da flexibilidade, geração de uma consciência corporal, melhora e o fim de dores e tensões e além do mais irá prevenir novas lesões.

Principalmente nos casos de TDAH vai melhorar a concentração, foco e determinação ao exigir do aluno uma dedicação plena, reduzindo os níveis de estresse, ansiedade, auxilia na melhora do sono, da circulação sanguínea. Por todos esses benefícios que o Método Pilates é uma técnica excelente para o tratamento do déficit de atenção, pois além de estimular os bons hábitos vai fortalecer as capacidades cognitivas, desse modo, leva-se essas vantagens e ganhos para o seu dia a dia, para fora e dentro das aulas, fortalecendo para a sua qualidade de vida o seu corpo e sua mente.

Sobre o Déficit de Atenção

Era conhecida até 1994 como DDA (Distúrbio de Déficit de Atençaõ), o TDAH, conforme a Associação Brasileira do Déficit de Atenção, alcança de 3 até 5% do público infantil no Brasil e em outros país dos quais o transtorno já foi estudado.

É definido como uma disfunção da dopamina, neurotransmissor que desempenha vários papéis importantes no cérebro e no corpo, indispensável para as funções normais do cérebro. O TDAH manifesta-se ainda na infância e quando não é devidamente tratado pode assim continuar por toda a vida do indivíduo.

Certamente, todas as pessoas tem seus graus diferentes de desatenção, falta de concentração e agitação, todavia, quando é um nível alto supera as médias que são consideradas pela medicina como comuns e os seus sintomas de inquietude passam a atrapalhar e incomodar a vida do indivíduo, que pode ser diagnosticado com TDAH.

Mais da metade das pessoas que desenvolvem TDAH na infância acabam mantendo-se com os sintomas na fase adulta, todavia em níveis bem menores, conforme seu tratamento. É um transtorno mais recorrente em meninos e com maior predomínio de sintomas de hiperatividade. Com o decorrer dos anos, os níveis diminuem, os sintomas também caem, ficando assim apenas algumas sensações de desatenção e diminuindo a proporção.

Veja mais: Pilates contra problemas na coluna

A história do Método Pilates:

Joseph Pilates, criador do Método Pilates, teve experiências terríveis na infância, tendo doenças como asma, raquitismo e febre reumática. Por isso, ele sempre foi uma criança que se exercitava, afim de melhoras as condições do próprio corpo e não se sentir preso a ele. Joseph sempre foi visto treinando de calção, pelo fato de possuir raquitismo e consequente deficiência em vitamina D, o que o deixou conhecido por esse estilo de roupa.

Em seguida, Joseph Pilates começou a estudar de forma profunda as ciências biológicas do corpo humano, como a anatomia, a fisiologia, a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), física e biologia. Ele procurava ciências que mostravam tudo sobre o funcionamento do corpo humano de forma conjunta.  Em 1912, o jovem Pilates se mudou para a Inglaterra, virou lutador de boxe em Londres e ensinou defesa pessoal para a polícia metropolitana de lá.  Preso por ser alemão na Primeira Guerra Mundial, o jovem Pilates ensinou aos prisioneiros, inclusive os doentes, técnicas do próprio método para se exercitarem enquanto estavam isolados do resto do mundo. Após ser libertado, lançou as técnicas que eram chamadas de Contrologia, referentes ao controle da mente sobre o corpo, nome que depois foi adaptado para Pilates. Em 1967, aos 83 anos, Joseph Pilates morreu por complicações em um incêndio dentro de seu estúdio, mas sua esposa continuou disseminando o método ao resto do mundo.

Solicitar mais informações
omega4omega4omega4
Endereço Omega4 Estúdio do Corpo
Unidade Paraíso: Rua Osório Duque Estrada, 35 -  São Paulo
11 2386-9717 | WhatsApp 11 94048-3704
Unidade Moema: Avenida Divino Salvador, 669 - São Paulo
11 98827-7152
contato@omega4.com.br