Conheça o microagulhamento

Conheça o microagulhamento

É um procedimento dermatológico estético também conhecido como Percutânea de Colágeno por Agulhas (IPCA) que baseia-se em microperfurações da pele com agulhas finas e pequenas de aço cirúrgico esterilizadas. Pode ser realizada com o auxílio do equipamento chamado Roller, que deixa as agulhas dispostas em um rolo, com cerca de 200 agulhas, facilitando assim a sua aplicação.

Esse tratamento tem crescido e sendo comprovado por quem busca por procedimentos clínicos para cuidar do aspecto da pele do corpo e, ainda mais, do rosto. Seu modelo se assemelha ao da acupuntura, todavia, é feito de forma localizada e múltipla, dessa forma realizando um efeito mais aparente na área tratada.

No microagulhamento, as microperfurações atingem as camadas da pele e assim estimulam o colágeno da pele e outras fibras naturais da epiderme, desse modo diminuem os sinais de envelhecimento com o espessamento da pele. O seu principal objetivo é a indução percutânea do colágeno, a criação de vasos sanguíneos novos e a vasodilatação, que auxiliam na melhora da absorção de nutrientes pelos tecidos e pela renovação das células, assim reformando a estética da pele

É importante ressaltar, que sempre são utilizados materiais com autorização da Anvisa. Esse registro garante a qualidade do produto, em relação ao aço utilizado, equipamento, número e comprimento das agulhas, aliás a esterilização das mesmas. Que são sempre renovadas, mesmo sendo no mesmo paciente, são sempre descartáveis e estéreis.

Para que é indicado o microagulhamento

O rolo ao ser aplicado na pele causa apenas pequenas punturas, que aumentam a dilatação dos vasos sanguíneos que como dito, induzem a produção e liberação do colágeno local e também, ampliam a absorção de alguns medicamentos direto na pele, conhecido como drug delivery, além de assim fazer que haja uma melhora na absorção de oxigênio e nutrição dos tecidos.

Dessa forma, esse tratamento estético é utilizado para diversas transtornos na pele, tais como envelhecimento, rugas, flacidez, cicatrizes faciais de acne ou queimaduras, estrias, marcas de expressão e manchas na pele (como por exemplo, o melasma, que são manchas escuras). Dessa forma, o procedimento ameniza as manchas e deixa a pele com o aspecto incrivelmente renovado, melhorando sua textura e estética. Segundo a médica pós-graduada em dermatologia Juliana Jordão “Estudos recentes comprovam a melhor eficiência e melhora considerável de manchas de melasmas resistentes a outros tipos de tratamentos”. Além do mais, cicatrizes grandes e profundas, que incomodam a maioria da população, como as adquiridas com as acnes, são efetivamente reduzidas nas sessões, deixando área com resultado viçoso, macio e rejuvenescido.

Deve se lembrar que o microagulhamento pode ser realizado no rosto como também em outras partes do corpo, até mesmo no couro cabeludo, para assim estimular a circulação sanguínea na região, dessa forma levando a liberação de fatores plaquetários que estimulam o crescimentos dos fios, assim tratando a calvície.

Como é realizado o tratamento

A técnica é minimamente invasiva. Primeiramente, é realizada uma higienização e assepsia da pele e durante o procedimento é sempre utilizado um creme anestésico, em várias passadas em toda face, entre 30 e 50 minutos antes de iniciar o processo em si. É escolhida e separada as agulhas a serem utilizadas conforme a necessidade e o tratamento proposto e assim o Roller é passado na pele em todas as direções, com movimentos de vai e vem, feitas em média 10 a 15 passadas na mesma área tratada. É utilizado sempre um tipo de cosmético diferente dependendo da pele e do tratamento. O procedimento oferece resultados logo após algumas sequências de aplicações em intervalos habituais (normalmente mensais).

O comprimento das agulhas podem variar de 0,25 até 3 milímetros e ter o diâmetro de até o,8 milímetros. O tipo de agulha e a pressão utilizada variam de acordo com o que será tratado. Para problemas que requerem uma maior remodelação da pele, como as cicatrizes da acne, são usadas agulhas de 2,5 mm. Mas se o intuito for apenas melhorar o viço da epiderme, então serão suficientes apenas agulhas entre 0,5 e 1 mm. Em resumo, tudo vai variar de acordo com a necessidade do tratamento. Quando alcançado camadas diferentes da pele é possível obter resultados melhores para deformidades mais complexas, como manchas ou cicatrizes, problemas que tanto prejudicam a estética da pele.

As sessões em geral são realizadas entre três e quatro, com um intervalo de um mês entre essas, para o processo metabólico de restauração da epiderme. Todavia, as quantidades de sessões e o intervalo entre elas podem variar conforme o objetivo do tratamento e o tipo de agulha usada. Em média cada sessão dura entre 30 min e 1 hora.

É importante ressaltar que o microagulhamento deve ser apenas realizado por um profissional habilitado, assim garantindo a correta avaliação e indicações, além das prevenções. Assim deve ser feito apenas por fisioterapeutas dermatofuncionais com especialização na técnica, médicos dermatologistas ou cirurgiões plásticos especializados na área.

As microperfurações doem?

A dor sempre é muito relativa e vai variar da sensibilidade de cada paciente. Porém vale ressaltar que sempre há uma aplicação de uma pomada anestésica de alta potência, assim o microagulhamento torna-se um processo bastante tolerável, mesmo na sua forma mais intensa. Principalmente em pequenas áreas onde podem ser totalmente anestesiadas. Então, apesar das microperfurações até os pacientes mais sensíveis toleram bem o tratamento

Os resultados do microagulhamento

A diminuição das manchas e cicatrizes faciais, como as da acne, e a melhora da condição da pele já são perceptíveis nos primeiros 15 a 30 dias após o início do procedimento. O auge da liberação e produção do colágeno pela IPCA é em torno de 3 meses, quando é visível a melhora das rugas, estrias, cicatrizes de acne. Além do mais, é perceptível, geralmente, que após 8 meses do microagulhamento ainda tenha a produção do colágeno, assim aprimorando e recuperando a estética facial.

Cuidados antes e após as sessões de microagulhamento

Os primordiais orientações antes da sessão são:

1. Realizar anteriormente uma avalição com um especialista para recomendar o melhor tratamento;

2. Antes do procedimento é preciso realizar uma boa limpeza de pele, retirando suas impurezas;

3. Anteriormente é necessário suspender três dias antes, caso o paciente utilize, o uso de ácidos faciais.

Após cada sessão os cuidados serão:

1. Não aplicar maquiagem e protetor solar durante 24h.

2. Não se expor ao sol durante alguns dias após a sessão (3 a 5 dias)

3. Utilizar os produtos recomendados e com a autorização do profissional que estará realizando o tratamento, para melhorar os resultados.

Relembrando que os cuidados durante o processo são essenciais, obedecer as orientações do profissional que realizará o procedimento. Para assim, obter sempre o melhor resultado, assim adquirindo o melhor viço da pele e a redução de manchas e o fim de cicatrizes.

A Omega4 traz sempre o que há de mais avançado da área da estética e seus procedimentos. Venha conhecer e agendar um horário para realizar uma avaliação da melhor forma de tratamento para você. Nosso procedimento de microagulhamento é realizado com produtos cosméticos manipulados especificamente para cada tipo e necessidade da área a ser tratada e para cada tipo de pele do paciente. Todo cuidado antes, durante e após iniciar o procedimento serão elaborados com os manipulados. Permitindo assim, que o aparelho com microagulhas deslize sobre a pele de forma leve e com preparação adequada. Além de contarmos sempre com uma equipe de profissionais especializados na área dermatofuncional, para indicar a melhor forma de tratamento segundo suas necessidades e com segurança.

Solicitar mais informações
omega4omega4omega4
Endereço Omega4 Estúdio do Corpo
Unidade Paraíso: Rua Osório Duque Estrada, 35 -  São Paulo
11 2386-9717 | WhatsApp 11 94048-3704
Unidade Moema: Avenida Divino Salvador, 669 - São Paulo
11 98827-7152
contato@omega4.com.br