Pilates para flexibilidade

Pilates para flexibilidade

Praticar exercícios com regularidade é de gigante importância para a manutenção da saúde física e também a mental. O Pilates é uma técnica que diferencia por não só trabalhar o seu condicionamento físico e o fortalecimento muscular, mas também trabalha o seu bem mental, concentração, agregando benefícios para todos os sentidos da sua rotina, trazendo saúde, bem estar e disposição.

Dentre os diversos benefícios do método Pilates, como a melhora da postura, equilíbrio, força muscular, um que deve ter bastante destaque, de demasiada importância e prioridade é a flexibilidade. Pois, esse benefício previne lesões musculares, nas articulações e a geração de dores pelo corpo, além de facilitar a vida do praticante, seus movimentos, atividades que tem vontade de fazer sem preocupações.

A amplitude pode ser caracterizada como “a amplitude do movimento da articulação ou em um grupo de articulações”, por esse motivo, a flexibilidade é essencial para a melhor execução de todos os movimentos corporais, exercícios, deixando-os mais rápidos, amplos e eficientes.

Conquistar um corpo com alta flexibilidade também vai além da realização de movimentos mais complexos, ter essa flexibilidade auxilia na rotina, nas atividades do dia a dia e até na prevenção de lesões. Tudo isso pois um corpo com boa flexibilidade, tende a sofrer menos entorses e distensões, além de maior exatidão nos movimentos, de grande utilidade nas tarefas de qualquer profissão e até as do lar.

O diferencial para a melhora da flexibilidade realizada pelo Pilates é o alongamento dos músculos das pernas, ombros, coluna, tórax, braços e de todas as regiões do corpo. Na sua realização de movimentos sem repetições cansativos eles moldam a plasticidade, alongamento e elasticidade dos músculos. Esses relaxam, deixam de ser contraídos por um período o que é importante para evitar dores e para assim o fortalecimento e tonificação muscular.

O Pilates assim, garante o bem estar no seus dias, maior disposição para a rotina, e facilitando os movimentos e aprimorando sua saúde. Agende sua aula experimental conosco na Omega4 e surpreenda-se com os benefícios do Pilates para sua vida, e como a flexibilidade garante todo o diferencial para a qualidade de vida, resistência e saúde.

O que é a flexibilidade

Em síntese, a flexibilidade equivale a competência do corpo e movimentar determinadas articulações (gerando fortalecimento articular) ou seus grupos com uma amplitude mais aprimorada e devida. Quanto maior a flexibilidade do corpo melhor será a facilidade de realização das atividades diárias, como um agachamento, amarrar o tênis e dançar.

Diversas coisas podem influenciar na flexibilidade de uma pessoa, entre elas: a idade (com o passar dos anos a flexibilidade se não trabalhada, vai diminuindo constantemente), gênero (geralmente as mulheres, devido aos tecidos, são mais flexíveis), horário (ao acordar até dormir a flexibilidade do corpo vai decaindo), temperatura (no inverno a elasticidade do corpo decai), individualidade (algumas pessoas, mesmo com a mesma idade e sexo, cada uma pode ter flexibilidades diferentes), respiração (por isso no Pilates é um fato muito trabalhado, é de demasiada importância para a aquisição da flexibilidade) e exercícios (a prática de exercícios influencia diretamente na flexibilidade, aumentando-a).

Segundo Magnusson, 1996, a capacidade de maior flexibilidade ocorre com certos estímulos, os alongamentos, que vão aumentar a extensibilidade do músculo e das outras estruturas do corpo, em determinados períodos. Os alongamentos concentram-se na ideia de ativação dos fusos musculares e os órgãos tendinosos de Golgi, esses são suscetíveis a alterações na velocidade e comprimento, na tensão muscular. Esses impulsos nos receptores vão gerar respostas reflexas que causam adaptações nas unidades musculotendíneas, importante e benéficas para o ganho de maior mobilidade articular, ou seja a flexibilidade.

O Pilates e a flexibilidade

Como dito no outro parágrafo, vários fatores influenciam no grau da flexibilidade do corpo e também são com movimentos específicos de alongamento que garantem e trabalham o ganho da flexibilidade. Por esses motivos, a técnica do Pilates para aumentar e manter o corpo o mais flexível é o Pilates, pois seu método exercita o corpo em sua totalidade, todas as regiões, concentrando respiração, alongando, equilibrando, dando força e com extremo foco na melhora da flexibilidade do corpo e sua disposição.

Os movimentos e técnicas exclusivas de alongamento trabalhadas no Pilates garantem uma conquista de melhor postura, relaxamento do corpo e mente e maior flexibilidade dos músculos. A flexibilidade é um pilar e maior foco do Pilates. Como seus exercícios com uso do Cadillac, Barrel e a bola suíça são muito usados para promoção do alongamento corporal e assim aumento da flexibilidade.

Os exercícios de alongamento e flexibilidade de Pilates, entre esses promovem esses benefícios para os pilateiros:

  • Músculos mais flexíveis, melhorando o desempenhos das atividades diárias, tornando-as menos cansativas, como limpar a casa, por exemplo;
  • Correção e melhora da postura corporal, acabando com as dores na coluna e seus desconfortos por causa da má postura, gerando seu alongamento;
  • Trabalha a coordenação, garantindo a extensão completa da articulação nos movimentos;
  • Ajuda na circulação, porque o alongamento melhora o fluxo sanguíneo entre o organismo, nutrindo todo o corpo e ajudando na melhoria de lesões musculares;
  • Diminuição do estresse, pois relaxa os músculos e assim diminuem as tensões físicas e mentais;
  • Diminui a sensação de fadiga;
  • Causa sensação de disposição, conforto e rejuvenescimento.

Os exercícios de alongamento serão trabalhados em todas as sessões do Pilates, mas seu número de repetições e o nível de dificuldade irão ser relacionados com o grau e tempo do aluno no Pilates. Então, o Método Pilates é uma atividade recomendada sempre para quem deseja eficácia em um corpo mais forte e alongado e assim mais flexível.

É trabalhado o aumento da estabilidade na região do tronco, fortalecendo os músculos estabilizadores e mais profundos, assim com o controle e ritmo, sempre sendo analisados e orientados na sessões, obtêm-se músculos mais elásticos. Esse é um trabalhado primordial e sempre muito bem orientado por todos nossos instrutores profissionalizados.

O Pilates busca a mistura de diversas técnicas e modalidades para agregarem os benefícios, estudando sempre e chegando no que conhecemos hoje. E assim, sempre exercitando e trabalhando o corpo para a maior mobilidade no dia a dia.

Mais do que a simples complexidade na realização dos movimentos, a flexibilidade corporal é de extrema importância na manutenção da saúde e para realizar todas as atividades da rotina sem sustos, incômodos e também, evitando dores e garantindo sua disposição diária.

A história do Método Pilates

Joseph Pilates, criador do Método Pilates, teve experiências terríveis na infância, tendo doenças como asma, raquitismo e febre reumática. Por isso, ele sempre foi uma criança que se exercitava, afim de melhoras as condições do próprio corpo e não se sentir preso a ele.  

Joseph sempre foi visto treinando de calção, pelo fato de possuir raquitismo e consequente deficiência em vitamina D, o que o deixou conhecido por esse estilo de roupa.

Em seguida, Joseph Pilates começou a estudar de forma profunda as ciências biológicas do corpo humano, como a anatomia, a fisiologia, a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), física e biologia.

Ele procurava ciências que mostravam tudo sobre o funcionamento do corpo humano de forma conjunta.  Em 1912, o jovem Pilates se mudou para a Inglaterra, virou lutador de boxe em Londres e ensinou defesa pessoal para a polícia metropolitana de lá.  

Preso por ser alemão na Primeira Guerra Mundial, o jovem Pilates ensinou aos prisioneiros, inclusive os doentes, técnicas do próprio método para se exercitarem enquanto estavam isolados do resto do mundo.

Após ser libertado, lançou as técnicas que eram chamadas de Contrologia, referentes ao controle da mente sobre o corpo, nome que depois foi adaptado para Pilates.

Em 1967, aos 83 anos, Joseph Pilates morreu por complicações em um incêndio dentro de seu estúdio, mas sua esposa continuou disseminando o método ao resto do mundo.

Solicitar mais informações
omega4omega4omega4
Endereço Omega4 Estúdio do Corpo
Rua Osório Duque Estrada, 35 - Paraíso - São Paulo
11 2386-9717 | Whatsapp 11 94048-3704
contato@omega4.com.br