Pilates para coordenação motora

Pilates para coordenação motora

A perda da coordenação motora pode estar associada a diversos motivos. Por exemplo, ao longo da vida, é comum as pessoas irem perdendo a sua aptidão de coordenar os movimentos e o equilíbrio. Isso pode desenvolver-se devido doenças neurológicas ou só a perda de massa muscular, normal quando idoso.

O Método Pilates para a coordenação motora tem exercícios específicos e direcionados para reverter e auxiliar na melhora do quadro, aperfeiçoando os movimentos de precisão e, assim, proporcionando uma maior qualidade de vida ao praticante. Seus exercícios ajudam no aprimoramento da coordenação, visto que trabalham o corpo como um todo, gerando a consciência corporal, da propriocepção (capacidade em reconhecer a localização espacial do corpo, sua posição e orientação, a força exercida pelos músculos e a posição de cada parte do corpo em relação às demais), por meio as utilização das molas e das bolas, além de realizar movimentos unilaterais, bilaterais e alternados que assim requerem domínio, incentivando dessa forma a coordenação motora do paciente.

Começa-se sempre por exercícios mais simples e vai progredindo para os mais complexos, que irão associar movimentos e interligam diferentes partes do corpo. Não treinar a coordenação motora pode gerar problemas na habilidade motora como a lentidão no tempo de reação e diminuição da noção espacial.

Por isso a importância do Pilates para a melhora e auxilio na coordenação motora, em quaisquer quadros. Agende uma aula experimental conosco da Omega4, conheça nosso ambiente personalizado e moderno e nossos profissionais da área e surpreenda-se com os resultados. Veja mais detalhadamente sobre o tema a seguir:

A coordenação motora

De maneira generalizada, pode-se afirmar que a coordenação motora é a habilidade do corpo humano de usar os seus músculos de forma eficaz para conceder um movimento ou atividade com o menor gasto de energia que for possível.

É a nossa capacidade de produzir qualquer movimento com os músculos e funcionalidades do corpo, como andar, correr, agachar, abrir e fechar a boca e brações, virar o pescoço, levantar os braços e entre outras milhares.

Todos esses tipos de movimentação são desenvolvidos e aprimorados durante o decorrer da vida, porém em alguns casos, podem ser limitados, por causa de doenças, problemas articulares ou por conta do avanço da terceira idade.

Pode estar associada a doenças, como a de Parkinson, Acidente Vascular Encefálico e doenças Neurodegenerativas, ou apenas pode estar relacionada com a deficitária ausência de estimulo necessário, pois é preciso movimentar o cérebro para que assim os músculos habituem a trabalhar conjuntamente.

Quando o cérebro e os músculos não estão devidamente conectados e afinados ocorre a dificuldade de realizar mais de uma atividade ao mesmo tempo.

Os exercícios e movimentos realizadas durante a infância têm influência na coordenação motora do indivíduo, ou seja, na sua capacidade de realizar os movimentos musculares mais variados, como correr, andar, pular, agachar e esticar braços e pernas.

Todavia, limitações como tremores e problemas articulatórios podem interferir na aplicabilidade dessa função.

Segundo a Dra. Eliane Coutinho: “A coordenação é um fenômeno intra e intermuscular caracterizado pela ativação das musculaturas na ordem e em momentos adequados. O equilíbrio é a habilidade de manter o corpo estável em determinada situação.

E isso adquire-se com o treinamento. Com o avanço da idade e perda muscular o equilíbrio e coordenação são comprometidos. Para manter a coordenação é necessário a execução de padrões motores em todas as amplitudes e planos de movimentos”

O Pilates para coordenação motora

Entendendo como funciona a coordenação motora, é possível compreender melhor como o Pilates ajuda no desenvolvimento dessa capacidade. A grande vantagem da prática do Pilates para a finalidade da coordenação motora, é pelo motivo que ele ajuda, melhora e cria uma consciência corporal e uma propriocepção, sendo o fator primordial para funcionalidade eficaz da coordenação.

Pelo motivo de, os seus movimentos usarem todas as regiões do corpo, como até os músculos mais profundos e escondidos do físico, o aluno obtém melhor conexão entre o cérebro e os diversos componentes de ligação corporal, gerando assim uma relação melhor de conexão e conversa entre eles, para que desse modo as respostas corporais sejam mais velozes e precisas e não tenham falhas motoras.

Os movimentos feitos durante uma aula de Pilates requerem o domínio corporal.

Os seus exercícios são extremamente refinados e assim, precisam ser realizados com toda atenção, cuidado e precisão, assim incentivando e aperfeiçoando a coordenação motora, pela consciência corporal e a propriocepção.

Amplificar a consciência corporal e ter uma coordenação motora mais habilidosa é ter uma rotina muito mais tranquila e sossegada, sem a ocorrência de riscos lesões e surpresas, e com um reflexo e uma noção de espaço muito mais eficientes e precisos.

O desenvolvimento da melhora consciência corporal permite que o praticante presta mais atenção nas mudanças em cada parte do corpo, sendo assim, tendo maior controle e habilidade sobre seus movimentos.

Além do mais, como cada exercício também está relacionado com a mente, o aluno diminui a ansiedade, aperfeiçoa a concentração e o relaxamento logo depois e também obtém maior segurança para atingir seus objetivos e resultados desejados.

Com seus exercícios de alta precisão, os movimentos aprimorados e desenvolvidos, desenvolvem no praticante a recuperação da sua autossuficiência.

No momento das aulas, o aluno tem um acompanhamento de um instrutor profissional, que dessa forma, irá indicar e auxiliar na aplicabilidade dos movimentos conforme as condições corporais do indivíduo e com a atenção e concentração também, nos músculos que necessitam de recuperação na habilidade em questão.

Em síntese, o praticante do Método Pilates com o passar do tempo adquire uma rotina mais leve, tranquila e livre de transtornos e lesões e com uma grande autonomia corporal e consciente. Sendo assim, o indivíduo melhora a sua autoestima e obtém maior qualidade de vida e bem-estar.

Venha saber mais sobre o Pilates na Omega4, esperamos por você, com nossos profissionais a sua disposição e com horários flexíveis.

Outros benefícios do Pilates

  • Pilates aumenta a força e resistência muscular
  • Pilates melhora o equilíbrio, a concentração e a coordenação do corpo.
  • Pilates recupera lesões e evita lesões recorrentes.
  • Pilates traz boa forma física sem sofrimento. Sendo muito pelo contrário, o Pilates é extremamente prazeroso.
  • Pilates faz com que sua postura fique perfeita e ajuda no alívio das dores nas costas.
  • Pilates te faz ter uma boa noite de sono.
  • Pilates contribui na manutenção e/ou aumento da densidade óssea e prevenção de osteoporose.
  • Pilates é uma ótima maneira de relaxar e combater o estresse.
  • Pilates ajuda a tratar a depressão e melhora a auto estima.
  • Pilates ajuda no controle de peso.
  • Aumenta a flexibilidade;
  • Tonifica a musculatura;
  • Proporciona o menor atrito entre as articulações;
  • Causa o alívio de dores musculares;
  • Melhora a respiração;
  • Equilíbrio de todas as funções corporais;
  • Fortalece os músculos abdominais.

A história do Método Pilates

Joseph Pilates, criador do método Pilates, teve experiências terríveis na infância, tendo doenças como asma, raquitismo e febre reumática. Por isso, ele sempre foi uma criança que se exercitava, afim de melhoras as condições do próprio corpo e não se sentir preso a ele.  Joseph sempre foi visto treinando de calção, pelo fato de possuir raquitismo e consequente deficiência em vitamina D, o que o deixou conhecido por esse estilo de roupa.

Em seguida, Joseph Pilates começou a estudar de forma profunda as ciências biológicas do corpo humano, como a anatomia, a fisiologia, a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), física e biologia. Ele procurava ciências que mostravam tudo sobre o funcionamento do corpo humano de forma conjunta.  

Em 1912, o jovem Pilates se mudou para a Inglaterra, virou lutador de boxe em Londres e ensinou defesa pessoal para a polícia metropolitana de lá.  

Preso por ser alemão na Primeira Guerra Mundial, o jovem Pilates ensinou aos prisioneiros, inclusive os doentes, técnicas do próprio método para se exercitarem enquanto estavam isolados do resto do mundo.

Após ser libertado, lançou as técnicas que eram chamadas de Contrologia, referentes ao controle da mente sobre o corpo, nome que depois foi adaptado para Pilates. Em 1967, aos 83 anos, Joseph Pilates morreu por complicações em um incêndio dentro de seu estúdio, mas sua esposa continuou disseminando o método ao resto do mundo.

Solicitar mais informações
omega4omega4omega4
Endereço Omega4 Estúdio do Corpo
Unidade Paraíso: Rua Osório Duque Estrada, 35 -  São Paulo
11 2386-9717 | WhatsApp 11 94048-3704
Unidade Moema: Avenida Divino Salvador, 669 - São Paulo
11 98827-7152
contato@omega4.com.br